sábado, 23 de outubro de 2010

(...)
*porque estou sem imaginação para escrever
*pensa em mim que escreves logo 50 paginas! mas ainda não percebi, tens que escrever porquê?
*porque tenho um blog e ultimamente não tenho escrito nada de jeito
*escreve André
(...)
*sabes uma coisa?
*diz amor
*gosto muuuuuuuuuuito de ti minha menina
*e eu de ti, príncipe.

*André ♥

6 comentários:

  1. Olha, continuo postando cinco poemas diarios em meu blog, http://lenjob.blogspot.com, mas vim apresentar o meu castelo, http://castelodopoeta.blogspot.com, que é interativo, com poemas de outros poetas, videos, curtas, entrevistas, exposições e etc..., sempre de arte, fotografia, moda (e segunda será postada a entrevista com a booker Sandra Sayão da Ford Models de Minas) e esportes alternativos e queria sua visita lá. Aguardo!
    Atenciosamente,

    João Lenjob

    Os Teus Passos
    João Lenjob

    Se estais tão triste
    Comprometo-me com teus passos
    Os sigo sem a auto-piedade
    E deixo escorrer em mim as tuas lágrimas
    E faço-me a tua ternura
    Faço-me o teu destino, teu menino, tua vida
    E busco a felicidade e que venha dobrada
    Que chegue repleta de sonhos
    Que enriqueça cada segundo de esperança.

    Se estais tão triste
    Interfiro em todos os teus passos
    E choro como companheiro
    E prometo que jorrará em ti dias melhores
    E faço-te nossos momentos
    Faço-me a lembrança de uma serpentina, minha menina
    E escolho o teu sorriso como recordação
    Que aconteça com naturalidade
    Que seja enorme como foste para mim, nobre mulher.

    ResponderEliminar

deita cá para fora! ♥