segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Tal como a luz do pirilampo no escuro, ou o brilho da lua nas noites de lua cheia, ou até o sol na sua maior intensidade, comparam-se a um terço do quanto brilhas no meu coração; imaginas um pouco do quanto te amo? Então já deves entender que preciso de ti, que te quero, que te adoro, que te amo, que te consumo, que te desejo, que pretendo ficar até ao fim da minha vida do teu lado.

10 comentários:

deita cá para fora! ♥