sábado, 12 de fevereiro de 2011

será melhor falar de ti como "o tal"?


Amo-te. Parece simples, rápido de compreender, uma palavra fácil para quem não a vive intensamente. Parece simples, mas é tão complexa. Por trás de cada amo-te há uma história, por trás do nosso amo-te, há uma história que apesar de não começar por era uma vez, sabe-me a conto de fadas.
Eras tu, o alguém que sempre procurei e sempre estiveste tão perto, mas tão longe. À anos a passos de distancia, mas ainda tão distante do coração. Tudo o que sempre sonhei viveu à frente dos meus olhos e eu sem me aperceber do quanto eras especial. E pé ante pé caminhaste para a minha vida, até que a passos largos ocupas grande parte dela. Inexplicavelmente só consigo dizer-te que te amo, e amo, amo muito. Não te sei explicar melhor o que só o coração consegue explicar, e ele não fala, ele sente, vive, e exprime, mas não fala. E não é só por ti, mas também por ele, que tenho a certeza que tu, meu amor, és o melhor amigo que alguém pode desejar. És aquele por quem sempre irei chamar. Obrigada.

20 comentários:

  1. tanta coisa foi dita neste pequeno post **

    ResponderEliminar
  2. pena é que ele não veja :$

    e tu, nnc mais escreveste para o namorado .. ;ss

    ResponderEliminar
  3. infelizmente é verdade acaba por acontecer o mesmo -.-
    que texto bonito :o

    ResponderEliminar
  4. De nada querida (:
    que post lindoo *.*

    ResponderEliminar
  5. também eu, assim como quase todas dos oasis <3

    ResponderEliminar
  6. e eu de ti meu amor. está lindo doceeeee ♥

    ResponderEliminar
  7. às vezes bem e outras não, mas vou vivendo :) e tu?

    ResponderEliminar

deita cá para fora! ♥