segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Começas por uma simples folha branca, depois pegas num lápis. Mantém sempre por perto uma fonte inspiradora. Acende uma vela, põe a luz fraca. Depois escreve. Tenta uma vez, e se falhares, tenta de novo. Tenta três vezes, e se falhares as três vezes, escreve uma quarta vez. E se continuares a falhar, mesmo depois de muitas tentativas... Se continuares a ler algo sem nexo, tenta outra vez, e outra, e as que forem necessárias. Chegará a altura em que as tuas ideias irão reunir-se. Escreve algo que nunca limite a tua vida às palavras.

2 comentários:

  1. escrever dá alento à nossa imaginação e a concretização de muitas das nossas idéias .

    ResponderEliminar

deita cá para fora! ♥